O corpo de Lúcio Mauro deixou o Theatro Municipal sob aplausos (Foto: Daniel Pinheiro / AgNews)

O corpo do ator Lúcio Mauro foi velado no Theatro Municipal, Centro do Rio de Janeiro. O ator, que tinha 92 anos, morreu no sábado (11) após ficar alguns meses internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul da cidade.

Amigos e familiares estiveram no local para se despedir do humorista. Figuras como Cininha de Paula, Fábio Porchat , Evandro Mesquita e Lúcio Mauro Filho, chegaram bem cedo ao Theatro Municipal. Ao sair do local do velório, Fábio Porchat falou da importância de Lúcio Mauro na sua formação enquanto humorista.

“Se estamos aqui hoje é por conta também do Lúcio Mauro. É um cara que fez do humor a sua vida e a nossa vida também. O grande mestre é aquele que quando vai ainda fica. Ele está em mim em muitos momentos. Hoje em dia a palavra gênio está desgastada, mas ele é gênio da época de Chico Anysio. Fico feliz em saber que ele descansou. Estava lutando há um tempo”, declarou o humorista.

Fábio Porchet (Foto: Daniel Pinheiro / AgNews)

Leandro Hassum, que faz parte do elenco da nova versão da “Escolinha do Professor Raimundo” , também falou sobre a importância de Lúcio Mauro para o humor na televisão brasileira.

“Seu Chico sempre falava, não existe nova comédia, novo humor, existe o humor engraçado e o humor sem graça. Ele sempre fez esse humor engraçado. Quando a Tatá Werneck, que é uma grande humorista, diz ‘fostes’, ‘fizeste’, é um legado do seu Lúcio. Sou muito amigo do Lucinho, amanhã começamos a nova temporada da Escolinha e vai ser um dia de fortes emoções. É um legado para aqueles que estão vindo e os que virão. Era um humor engraçado”, disse.

Leandro Hassum (Foto: Daniel Pinheiro / AgNews)

Lúcio Mauro Filho falou sobre os últimos meses de vida do pai e como foi o último encontro que teve com ele.

“Ele ficou internado quase quatro meses. Uma esticada que ele não merecia. Mas cada um tem sua missão e ele cumpriu a dele até último minuto. Nosso último encontro foi na quinta-feira eu estava indo pra São Paulo, não sabia que seria o último encontro. Mas nos últimos tempos todo encontro eu tratava como último. Ele já estava apagadinho, abriu os olhos e me viu. Orei com ele e falei no ouvido, como sempre fazia, para ele ter certeza que ele estava deixando aqui na terra uma família unida e conformada. Foi uma vida tão plena, cheia de vitórias, amado por todo país, um pioneiro. Claro que tem o luto, tristeza, mas orgulho é muito maior.”, declarou.

Lúcio Mauro (Foto: Daniel Pinheiro / AgNews)

O ator e diretor Selton Mello lembrou de quando convidou o comediante para atuar em um dos filmes que produziu.

Sou muito amigo da família e meu único contato com ele em cena foi em primeiro filme que dirigi, o ‘Feliz Natal’. Eu o convidei para fazer um personagem dramático e ele ficou tão entusiasmado com aquilo. Como sempre acontece no Brasil o comediante é rotulado. Ele fez lindamente. Foi meu único convívio trabalhando. Ele estava sofrendo muito nos últimos tempos e o Lúcio é vida. Eu assistia à escolinha para esperar o Lúcio. Ele era um cara adorável. Grande artista”

Selton Mello (Foto: Daniel Pinheiro / AgNews)

Cláudia Rodrigues também foi prestar o último adeus à Lúcio Mauro. De cadeira de rosas por causa da esclerose múltipla, a atriz, que estava bastante emocionada, falou o quanto aprendeu no período que trabalhou com o humorista no “Zorra Total”.

“Para mim era o maior comediante do país. Tive a oportunidade de trabalhar com grandes comediantes como Francisco Milani, Rogério Cardoso, Agildo Ribeiro. Tive todos os ensinamentos que eu pude ter. Só vim aqui porque eu tinha que ajeitar ele bem lindo para chegar lá em cima e encontrar com Jesus, coisa mais importante pra ele. O que eu mais queria na vida era um homem como Fernandinho [personagem do ‘Zorra’ que fazia par com Ofélia, interpretada por Claudia], então vim aqui me despedir dele pedindo pra ele se ajeitar. Foi fundamental [na minha carreira], o adorava muito”, disse.

Claudia Rodrigues (Foto: Daniel Pinheiro / AgNews)

O velório de Lúcio Mauro foi encerrado por volta das 14 horas e o corpo do ator deixou o Theatro Municipal, sob muitos aplausos. O corpo foi levado para o crematório do Cemitério do Caju para uma cerimônia reservada aos familiares e amigos íntimos.

Lúcio Mauro Filho agradeceu aos fãs pelos aplausos em homenagem ao pai. “O homem do Brasil. Viva o Brasil! Viva o Pará!

Corpo de Lúcio Mauro deixa o Theatro Municipal

corpo-de-lucio-mauro-deixa-o-theatro-municipal-04
corpo-de-lucio-mauro-deixa-o-theatro-municipal-07
corpo-de-lucio-mauro-deixa-o-theatro-municipal-11
corpo-de-lucio-mauro-deixa-o-theatro-municipal-13
corpo-de-lucio-mauro-deixa-o-theatro-municipal-15
corpo-de-lucio-mauro-deixa-o-theatro-municipal-21
corpo-de-lucio-mauro-deixa-o-theatro-municipal-23
Loading image... Loading image... Loading image... Loading image... Loading image... Loading image... Loading image...

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here